Temas

Muçulmanos continuam sitiados nos EUA

08 de abril de 2009
Columna
Column default

Amy Goodman
Tradução: Katarina Peixoto e Carta Maior

Quando o presidente Barack Obama fez sua aparição pública com o presidente turco Abdullah Gul, no marco de sua primeira viagem a um país muçulmano, agentes federais dos Estados Unidos preparavam-se para prender Youssef Megahed em Tampa, Flórida. Apenas três dias antes, um juri de um tribunal federal de distrito dos EUA tinha o absolvido das acusações de transportar ilegalmente explosivos e de posse de um artefato explosivo. Ao reunir-se com Gul, Obama prometeu “desenhar uma série de estratégias que possam resolver a divisão entre o mundo muçulmano e o Ocidente, tornando-nos mais prósperos e mais seguros”.

<a href=http://www.cartamaior.com.br/templates/colunaMostrar.cfm?coluna_id=4278
/>Texto completo em Português en Carta Maior

<a href=http://www.democracynow.org/blog/2009/4/8/amy_goodmans_new_column_us_muslims_still_under_siege
/>Texto en inglés


The original content of this program is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 United States License. Please attribute legal copies of this work to democracynow.org. Some of the work(s) that this program incorporates, however, may be separately licensed. For further information or additional permissions, contact us.